21 de novembro de 2013

Rumores de sabotagem em PS4.


Há alguns dias vêm correndo vários rumores sobre uma suposta sabotagem no PS4 feita pelos estudantes que trabalham na Foxconn (empresa terceirizada pela Sony, responsável pela montagem do PS4).
Depois de alguns problemas relatados pelos novos consumidores do PS4, um estudante que trabalha na empresa colocou em um fórum que em decorrência da empresa não os tratar bem eles também não seriam cuidadosos com o PS4, e ainda alegou "O console que montamos poderá apenas ser ligado, no melhor dos casos.".
O tópico já foi apagado, poderia ter sido alvo de censura ou ter sido removido pelo sua falta de veracidade.
Outro estudante escreveu também sobre o mesmo assunto no site da universidade: "Se seu aparelho está quebrado, não culpe os estudantes. Quando estávamos estudando, eles trouxeram 20 mil trabalhadores de Guizhou [cidade no centro da China]. Além disso, há muitos estudantes locais e trabalhadores de longa data da Foxconn. As pessoas que se tornaram notícias fomos nós, estudantes do Instituto de Tecnologia. Mas não somos nem um décimo dos trabalhadores da fábrica. Portanto não ponha a culpa nos estudantes chineses e não fale da Foxconn neste tópico. Você não tem ideia o quão difícil foi trabalhar nessas fábricas como um recém-graduado. Sinta-se à vontade de perguntar sobre o PS4, mas não sobre a Foxconn. Se você tem um problema, procure o controle de qualidade. Nossa responsabilidade era apenas a fabricação do produto"
Houve outros comentários (não foi identificado se eram estudantes ou outros trabalhadores) relataram que eles cuspiam e retiravam peças da linha de produção.
Lembramos que não só a sony como a Microsoft, Nintendo e a Apple também terceirizam suas produções para a Foxconn.
A Sony não respondeu nada ainda sobre tais rumores e ainda busca soluções para os problemas já encontrados como superaquecimento e o não reconhecimento do televisor em alguns modelos do PS4.

Fonte: Tecmundo e Terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário